Viajando com Crianças: Visto Americano – Parte 1

Viajando com Crianças: Visto Americano – Parte 1

Com o passaporte em mãos, fomos resolver a questão do visto americano.

Crianças de 0 a 14 anos NÃO precisam ir ao consulado para tirarem o visto.

Bom, vou começar fazendo um parênteses: o visto americano da pessoa aqui venceu  e a mesma ficou enrolando para renovar. Quando ela resolveu renovar, descobriu que depois de 1 ano de visto vencido, você precisa fazer o processo desde o começo. Por causa de 1 mês, ela teve que perder mais de meio dia para ir até o consulado e resolver tudo!

Vamos lá!

Você tem 3 maneiras de fazer seu processo de visto:

1 – Tudo sozinha: Você entra no site, agenda, paga as taxas, preenche o formulário e vai feliz para a entrevista.

2 – Através de um despachante: Você contrata um profissional especializado em vistos,  e ele faz tudo por você – só não vai na entrevista!

3 – Mix entre as opções anteriores: você pode fazer uma parte sozinha e pedir auxilio para um despachante em algum momento específico (marcar entrevista ou preencher os formulários, por exemplo).

Eu fui pelo caminho 3 e por isso vou detalhar como foi o meu processo: paguei a taxa de R$38,00, tirei algumas dúvidas direto no telefone do consulado, paguei as taxas no banco (R$252,00 por pessoa) e preenchi os formulários. E o despachante entrou para marcar adiantar minha entrevista.

Primeiro – documentos e a  foto. Antes de começar o processo eu e o Gustavo tiramos uma foto 5×7 (fundo brando, sem brincos, aparecendo as orelhas e testa). Digamos que tirar foto de um menino de 2 anos  ansioso, não foi uma tarefa fácil e ele saiu com uma cara péssima de mau humor. Como fazia muito tempo que estávamos tentando, a primeiro foto que conseguimos, de frente, foi a que ficamos.

Segundo – formulários e documentação: entrei no site do visto americano e segui as instruções. Para começar, você precisa pagar uma taxa de R$38,00 para obter uma senha e conseguir acessar o sistema e o contato telefônico para tirar suas dúvidas.

Ah! Essa senha vale por 6 meses para que você possa ter informações e agendar seu visto.

Você  e seus familiares devem ter o passaporte, porque eles pedem o número na hora do seu cadastro no site.

Lembrando que se você agendar  e quiser mudar, vai ter que pagar esse valor de novo. Cada senha vale para 1 agendamento.

Como tiramos o visto de turista, preenchemos o formulário DS 160 (um para cada). O formulário está AQUI.

Importante: antes de começar a preencher, tenha sua foto escaneada, pois você precisa  colocá-la nesse formulário eletrônico.

O formulário é simples (mas chato!) e está todo em inglês. Por isso, se o seu inglês anda meio mal, melhor preencher junto com alguém que entenda. O formulário é parte importante no processo, por isso, não o ignore achando que são só um conjunto de perguntas absurdas, do tipo: Você está planejando um ataque terrorista?

Quando você terminar de preencher, você precisa imprimir o que fez. No dia da entrevista, você precisa levar a folha com sua foto e um código de barras. Sem essa folha, você não passa nem do portão do consulado.

Você esqueceu da folha? Tudo bem! Em frente ao consulado, existem pessoas caridosas que imprimem sua folha (1 folha), por simples R$20,00. Um roubo, mas convenhamos que você não vai perder todo o trabalho e voltar para casa por causa de R$20,00.

Eu levei também todo o formulário preenchido.

Sobre a documentação que você precisa levar no dia da entrevista: você precisa provar quem tem vínculos no Brasil e que por isso, você precisa voltar e que tem como custear seus custos nos EUA, ou que alguém vai pagar para você.

Documento essenciais: passaporte anterior com visto vencido (se for seu caso), imposto de renda, comprovante de renda, extrato bancário, documentos de casa e carro, passaporte com visto (caso algum familiar que vá junto já tenha), carteira de trabalho assinada.

Existem outros documentos que você deve adicionar dependendo da sua situação. Mas lembre-se que é melhor levar um monte de papéis, do que na hora, não conseguir explicar ou provar algo.

Ah! E nem adianta você ligar no número de informações e pedir uma lista de documentos, porque a mesma não existe.

Agora que você juntou todos os documentos, sugiro que você os organize, separando com clips e um pedacinho de papel escrito o que é cada coisa. Assim, na hora da entrevista, se ele te pedir algo, você consegue achar com facilidade.

Você precisar pagar a taxa de visto no CitiBank. Se não me engano deu R$252,00 (por pessoa). O pagamento deve ser em dinheiro e você deve levar seu passaporte.

Para marcar a entrevista: você pode marcar a entrevista antes ou depois de preencher o formulário e juntar os documento. Tanto faz.

Nessa parte, recorri a um despachante.

Por isso, vale o que você provavelmente já ouviu: marque seu visto com antecedência, principalmente se você for no consulado de São Paulo.

Quando você na página do visto americano, no final da página, aparece quantos dias estão demorando para conseguir agendar a entrevista em todos os consulados do Brasil e, obviamente, o de São Paulo sempre demora horrores. Se você fosse marcar sua entrevista hoje, seria para daqui 94 dias.

Os outros consulados são bem tranquilos, mas depende muito do dia. Uma vez entrei e no de Brasília, tinha data para o dia seguinte e para o Rio em 2 dias.

Outro detalhe: Se você, como eu, vai com familiares (ou tirar o visto de familiares), na hora de agendar, além dos seus dados, você precisa dos dados de todas as pessoas. Se você fizer o seu e depois quiser incluir alguém, vai ter que pagar os R$38,00 de novo, cancelar a data que você está e agendar uma nova.

Bom, como eu queria a entrevista para “ontem”, procurei um despachante. E posso dizer que existem despachantes e despachantes. O primeiro escritório que entrei em contato foi bem ruim. Mal falavam comigo, não me davam retorno e quando retornaram, tinham conseguido para o Rio. Sinto muito, mas para conseguir rápido em outro consulado, eu não precisava pagar um despachante.

Minha segunda tentativa foi bem mais feliz. Recebi a indicação da Beta Vistos - já deixando muito claro que só estou colocando o contato deles porque fui muito bem atendida e acho que é justo divulgar serviços que funcionam.

Paguei R$700,00 para adiantar a entrevista (minha e do Gustavo). Não, não é barato, mas como nunca sabemos quando vamos poder viajar, assumimos esse custo.

Bom, liguei na primeira semana de Dezembro e eles me disseram que ainda estavam agendando para o mesmo mês e que em 3 a 5 dias, eles entrariam em contato. No dia seguinte já me retornaram avisando que em menos de 2 semanas seria minha entrevista.

Como eu já estava com todos os documentos organizados, não precisei sair correndo atrás de nada.

No próximo post, darei detalhes sobre a entrevista!

Bjs,

Vanessa

 

 

 

 

Share This

About the author

3 comments

  1. Andreia Reis

    Olá querida…

    Eu tenho uma dúvida… estou em processo de adoçao… será que eu consigo tirar passaporte e visto para criança apenas com o termo de guarda?


  2. Post author
    Vanessa

    OI Andreia,

    Sinceramente, não sei. Melhor vc procurar um despachante, já que eles são especialistas e sabem mais sobre as leis na hora de tirar o passaporte.

    Bjs,
    vanessa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>