Férias

Viajando com criança – Orlando 2015 – Parte 1

Em Setembro tiramos férias. É um mês muito bom para viajar, para quem tem essa flexibilidade.

Decidimos ir para Orlando, já que nossa última viagem para lá, foi em 2012, no aniversário de 3 anos do Gustavo.

Achamos que ele iria aproveitar atividade bem diferentes agora, com 6 anos. E acertamos!! Eu achei muito legal ir com ele aos 3 anos, mas agora, foi igualmente, mas um pouco diferente.

Fechamos a viagem em 15 dias, que é a média de todas as nossa viagens.

Pela primeira vez, viajamos saindo de Viracopos – Campinas e também foi nossa primeira viagem internacional com a Azul.

Para nós, sair de Campinas é muito melhor. Além de ser mais próximo, o fato de não ter que encarar a Marginal em SP, é muito mais tranquilo.

O novo terminal do aeroporto de Viracopos está bem bonito. Pena que não está acabado! Muitos tapumes, falta acabamento em muitas áreas. Sem contar as inúmeras goteiras (e muitos baldes espalhados pelo aeroporto).

Não esqueça de nenhum remédio, porque a Drogasil do aeroporto não está funcionando!

A sala de embarque é boa, espaçosa e tem várias áreas para carregar aparelhos eletrônicos (com entradas USB).

O check inn da Azul foi rápido e tranquilo em Campinas e em Orlando. O embarque também. Em todos os momentos, os funcionários da Azul foram simpáticos.

O avião ainda era o antigo (parece que esse mês eles estreiam as aeronaves novas!) e parecia um avião antigo! A limpeza estava ok. Os comissários de bordo foram bem simpáticos.

A tela que estava em cada poltrona não funcionava e eles entregaram um aparelho portátil para cada passageiro. Legal, mas infelizmente as opções oferecidas eram bem ruins. Filmes mais antigos e sem graça. Os filmes infantis decepcionaram ainda mais: 2 filmes ( Como treinar o seu Dragão 2 e Happy Feet).

Os voos foram tranquilos, mas com muitas crianças, como era de se esperar. Mas isso não atrapalhou. Na média, as crianças ficaram muito bem, inclusive no voo de ida, que é diurno.

O Gustavo ficou super bem. Dormiu um pouco mais de 2 horas. Baixamos filmes no celular e no ipad e isso foi suficiente para deixá-lo menos ansioso.

Sobre a comida durante o voo: o almoço da ida foi bom (dentro do esperado para uma refeição de avião). O lanche antes de ousar foi ok. O jantar no voo de volta foi mediano e o café da manhã foi horrível. Acho que nunca havia comida algo tão ruim: um pão gelado, duro e seco. A Azul precisa rever isso urgentemente.

A chegada em Orlando foi tranquila e na imigração só tinha esse voo do Brasil. As malas vieram rápido.

O aeroporto é super bem sinalizado e você precisa pegar um trem que te leva até o terminal – para sair ou pegar o carro que você alugou.

Como sempre, alugamos o carro na Thrifty. A fila estava grande e demorou muito. O pior, é que não precisávamos ter ficado nessa fila, mas não conseguimos essa informação com ninguém. Foi a primeira vez que foi, realmente, chato! Mas, no final, deu tudo certo!

Saímos do aeroporto e antes de ir para o hotel paramos no Publix – um supermercado. Compramos o básico para entrar no quarto com um pouco de conforto.

Chegamos cansadíssimos, mas felizes!!

Volto com um novo post para falar do hotéis!

Bjs!!