Procurar

Dica 3 de presente “faça você mesmo com crianças”: porta treco

Quer mais uma ideia criativa e simples para construir um presente junto com as crianças e homenagear alguém especial? Crianças a partir dos 5 anos podem auxiliar nos recortes e no entrelace da fita, conforme indicação de adulto. Para os menores, podem participar da escolha dos materiais e no que colocar dentro. Que tal alguns vale-abraço e vale-beijinho?

Sobre o Autor
  • Samanta Sievers

    Samanta é mãe de duas meninas, pedagoga, professora de Educação Infantil, apaixonada pelo universo brincante e idealizadora da página Brincando+ no Facebook, e no Instagram @brincandomais.

Compartilhar Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest
Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também vai gostar

Continuar Lendo

Conteúdo de Vídeo Dica 5 de presente “faça você mesmo, com crianças”: pulseira ou chaveiro

Quer uma ideia rápida e fácil para presentear alguém especial, com algo feito pelas crianças? Além disso, pode ser uma excelente opção para fazer com as crianças agora no período de férias! Minha sugestão é utilizar esta atividade como "carta na manga" para entreter as crianças naqueles momentos que não dá para sair de casa ou mesmo que precisa ir acalmando-as! Além de trabalhar a motricidade fina, auxilia no desenvolvimento da criatividade e concentração!

Continuar Lendo

Encarando o Câncer durante a gestação – Entrevista especial Outubro Rosa

A gestação já é um momento delicado, onde muitas mudanças e transformações acontecem no corpo e na mente da mulher. Já imaginou a montanha russa de sentimentos que deve ser, para uma gestante que descobre que está com câncer? Neste artigo, traremos uma entrevista especial, feita com uma médica oncologista, que vai esclarecer muitas dúvidas sobre o câncer durante a gestação.

Continuar Lendo

Adultos feridos, ferindo seus filhos

O maior desafio em educar uma criança é precisar ensinar aquilo que nem mesmo nós, fomos capazes de aprender. Quantas feridas tivemos lá no passado, e que até hoje deixam marcas? O quanto será que isso influencia na forma como educamos nossos filhos? Será que precisamos mesmo ser sempre 8 ou 80?

NewsLetter

Você gestante, tentante ou simplesmente apaixonada pelo universo da maternidade? Então se inscreva aqui e receba gratuitamente nosso melhor conteúdo, preparado especialmente para você.

Licença Maternidade